[Saúde Feminina] Adenomiose – O que é?

Acho que nada mais fácil (ou difícil) falar de um problema que você passa na sua vida … Hoje posso dizer que estou tratada (não curada)  e está tudo bem, mas até chegar no tratamento atual foram 2 anos de tentativas frustradas de melhorar, troca de ginecologistas e dores, muitas dores.

No final do ano de 2009 descobri que sofria de um problema uterino chamado Adenomiose.  Imagine-se nessa situação: Interrupção menstrual de meses mesmo tomando anticoncepcional e realizando as pausas de praxe, cólicas diárias ininterruptas e intensas, hemorragias intensas de curto e longo prazo (com mais de 40 dias) … não foi fácil :/

Muito se fala em endometriose e dessa danada de adenomiose quase não encontramos nenhuma informação. O primeiro médico que eu procurei não me explicou o que era e para tentar suprir a minha curiosidade e saber o que eu realmente eu tinha recorri ao Dr. Google (quem nunca fez isso?)  Acabei não descobrindo muitas coisas, tudo o que eu li era muito técnico e complicado de entender.

Neste ano descobri o médico da minha vida :) Ele me explicou tudo sobre o problema e hoje estou aqui para alertar mais sobre essa doença dolorosa e incômoda.

As informações à seguir são de caráter informativo. O diagnóstico, assim como o tratamento deve ser feito pelo seu única e exclusivamente pelo seu médico ginecologista.
As informações abaixo foram colhidas do Endometriose.net.br


O que é ADENOMIOSE?

Esta doença é muito semelhante à endometriose quanto aos sintomas. Entretanto, sua origem e formas de tratamento são bastante diferentes. Atinge com mais freqüência mulheres com idade entre 35 e 50 anos, sendo que a grande maioria possui filhos antes do diagnóstico já que é justamente graças ao parto que surge a adenomiose. É no durante a gestação e trabalho de parto que o endométrio invado a musculatura uterina. Desta forma, de forma semelhante à endometriose, o endométrio se desenvolve fora do local de origem, mas nesses casos no meio do músculo uterino, o miométrio.

“Em resumo, o sangramento em vez de ocorrer na parte interna do útero, ela ocorre entre as paredes dele. Segundo o meu médico não existe relação do aparecimento da Adenomiose com a gestação. Apesar das estatísticas apontarem isso, muitas meninas mais novas e sem filhos são acometidas por este problema. Creio que essa opinião varie de profissional para profissional”

Quadro Clínico
O quadro mais comum são cólicas fortes durante o período menstrual e irregularidade menstrual. Em algumas mulheres observa-se, também dor durante as relações sexuais e infertilidade.

Diagnóstico
O diagnóstico deve ser feito através da história e exame físico. Quando houver suspeita diagnóstica de adenomiose, a doença deve ser confirmada por ressonância magnética de pelve, que, nestes casos, é um exame mais específico que o ultrassom transvaginal. A doença costuma espalhar-se por todo o miométrio, mas em algumas mulheres aparece localizada formando nódulos, semelhantes aos miomas. Nesses casos podemos chamá-la, também, de Adenomioma.

“Realizei somente o ultrassom transvaginal para o diagnóstico. Apesar de doloroso foi um mal necessário”

Estatísticas
A adenomiose ocorre na maioria dos casos em mulheres entre 35 e 50 anos, pois nesta faixa etária as mulheres têm excesso de estrógeno no organismo, e quando perto dos 35 anos, elas geralmente tem interrompida a produção de progesterona no organismo, que equilibra os efeitos do estrógeno. Depois dos 50 anos, devido à menopausa, não produzem tanto estrógeno quanto antes.

Tratamento
O tratamento não apresenta bons resultados com hormônios e por isso costuma ser tratada por cirurgia. É fundamental que o diagnóstico seja feito com precisão para evitar procedimentos cirúrgicos desnecessários. A cirurgia mais empregada, quando a mulher não tem mais desejo reprodutivo é a histerectomia, ou seja, a retirada do útero. Esta cirurgia pode ser realizada por videolaparoscopia, via vaginal ou pela via convencional, com incisão semelhante à utilizada no parto cesário.
Raramente, quando existe apenas o adenomioma, podemos tentar a cirurgia conservadora com a retirada apenas do nódulo.Outra opção terapêutica eficiente em algumas situações é o DIU com hormônio levonorgestrel.

“No meu primeiro tratamento o médico me prescreveu um anticoncepcional comum (cartela de 21 comprimidos + pausa de 7 dias). Como eu relatei no início do post tinha cólicas diárias e persistentes. Em alguns meses o ciclo vinha normalmente acompanhado de dores excruciantes, em outros meses simplesmente não vinha. Troquei de médico devido à um ciclo de mais de 40 dias. Esse novo médico me disse que é uma doença que não tem cura, mas todo e qualquer tratamento deve ser tentado antes da cirurgia (histerectomia). Hoje estou fazendo um tratamento com hormônios de uso contínuo para não menstruar. No meu caso me dei muito bem já que não formo mais endométrio e sem endométrio não tem menstruação , e sem menstruação não tem dor”.

Tenho adenomiose, posso engravidar?
O endométrio que deveria se formar na parte interna útero, no caso de mulheres com adenomiose ele invade a musculatura uterina. A doença dificulta a implantação do feto aumentando os riscos de abortamento.
A gestação depende de inúmeros fatores como fertilidade do parceiro, idade da mulher, etc. Procure o seu médico para que ele possa te orientar de maneira correta.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Compartilhe com seus amigosShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on TumblrShare on LinkedInEmail this to someone

facebook comments:

71 comments

  1. Eliane says:

    Olá acabei de descobri que tenho essa doença e o medico passou Gestrinona mas custa mas de mil reais, e pinus um oral e o outro vaginal,achei muito caro ai ele disse que vai passar outro para mim quero tenho mas um bebê tenho uma de 9 anos mas quero um menininho,o meu medico disse que vou tratar e ele vai deixar meu útero limpo para ter meu bebê e depois disso posso retira o ulterior se eu quiser. To confiante que vai dar certo

  2. kenia Guimaraes says:

    Amigas,sou a Kenia Guimaraes de Ap. Goiania, amei o artigo muitas informaçoes importantes.!!!Olha descobri hoje a tarde pelo medico uma suspeita, que estou com adenomiose, tenho feito tratamento a um tempo pois o meu problema tb. e enxaqueca cronica, e quando a menstruaçao esta pra vir fico de cama com tanta dor,pois alem de ter retirado polipos e miomas no ano passado em nov. agora remedio nenhum segura a incomoda, menstruaçao. Ainda bem que tenho asduas mocinhas, uma de 15 e outra de 17 ,fiquei triste com a suspeita mas confio em um Deus maior que o diagnostico.!!! Sei que sera doloroso mas as informaçoes de outras amigas que tb. sofrem com o mesmo diagnostico farao a diferença!!!Quando pegar os resultados falarei os resultados beijos e força!!!!

  3. CAU says:

    OLÁ, MENINAS.
    ESTAVA COM POLIPO E FIZ A HISTEROSCOPIA COM RESSECÇÃO. RESOLVEU.
    VEJA COM SEU GINE SE NO SEU CASO PARA MIOMA, POLIPO SE NÃO RESOLVE.
    NÃO SEI SE RESOLVE A ADENOMIOSE COM AHISTEROSCOPIA COM RESSECÇÃO.

  4. cristina malagesse says:

    oi … costumo fazer exames anualmente ..papa nicolau..e hemograma foi onde descobriu se que estava com uma anemia muito intensa, ate ai nao tinha reparado que estava menstruando de vinte a vinte cinco dias , so me queixava de dores intensas..foi quando o clinico pediu uma uma tranvaginal foi ai que descobri o tormento da adenomiose claro que corri na internet..quando fui ao medico ja estava sabendo quase tudo dessa doença..tive que pagar uma consulta particular pois nao tenho convenio e parece incrivel mas no mes seguinte que foi diagnosticado a doença tive hemorragia de quarenta dias ..fui encaminhada para uma hematologista onde me receitou dez norupurum,na veia..esse medico que fui foi muito atencioso me deu anticocepicional mas nao segurou tive sangramento quando se deu vinte oito dias ..voltei nele me receitou depropovera…tbm nao adiantou segurou mais que o comprimido mas hj faz novamente vinte sete dias que estou sangrando , com a sorte das dores que nao aparecem mais…tenho medico dia dezoito de março pois nao tenho condiçoes de bancar o tratamento particular muito menos pagar convenio …e parece que ate ouço o medico me dizer que terei de fazer uma histerectomia..meu nome é cristina tenho 41 anos tres filhos 21…11 e 17 anos sou laqueada e depois de dez ano aparece essa coisa de adenomiose …o pior de tudo é que meu psicologico nao aceita a cirurgia fico mal so de pensar em ter de fazer …gostaria de tentar todos os tratamentos possiveis…mas estou nas maos de Deus e do doutor esperando ansiosa dia dezoito…é isso ai …

    • Shirlei says:

      Oi Cristina,

      Espero que tenha ocorrido tudo bem na sua consulta.
      Seu médico indicou algum outro tipo de tratamento ou ele indicou a histerectomia?

    • cristina says:

      oiiiii… de cara disse que seria aconselhavel a histerectomia, mas viu que me sentia mal em pensar na cirurgia entao me deu transamim e tâmisia…o qual fez parar a menorragia e estou muito feliz , ainda bem que Deus coloca anjos em nossas vidas , que ainda tem medicos que realmente se preocupa a fazer o que decidiu a seguir obrigado por ter entrado em contato bjs.
      ah me ajudou muito ler relatos de pessoas que estavam iguais, me deu forças …

      • Shirlei says:

        Oi Cristina,

        Que bom que ele acatou a sua vontade. Difícil encontrar médicos assim.
        O melhor de tudo é que só com a suspensão da menstruação você jé melhorou bastante (no meu caso melhorou 100%).
        Um beijo e tudo de bom pra você,
        Shirlei

  5. vera lucia says:

    Há treis anos atrás tive cancer de mama fiz todos os tratamentos com quimio e mastectomia radical…agora comecei a sangrar sem parar e cólicas terriveis…fiz transvaginal e tudo indica que estou com adenomiose…ainda não sei qual vai ser o procedimento do médico…já tenho treis filhos e sou laqueada estou com quarenta e cinco anos.

  6. Lucia says:

    Fui diagnosticada com adenomiose,mas,fico sem mestruar meses e essa so vem com uso de anticoncepcional,
    Fui ao Médico e este falou que o tratamento é assim mesmo.

  7. Carla Alexandra says:

    Boa tarde a todas, tenho 38anos fiz há 27dias, e verdade Adenomiose e muito doloroso.

    A mim há cerca de 2 anos tudo indicava k era Endometriose mas agora há 1 mês o medico k me faz a Ecografia Endovaginal e a minha Genecologista da parte dos PMA viram k tenho Adenomiose e não Endometriose.

    Ja há 2 anos parei a pílula mas não consegui mais k 2 meses, foi horrível, dores, hemorragias, 3 idas a urgência.

    Parei com a pílula 4 meses e meio para tentar Engravidar mas muitas dores k tive tive k recomeçar a pílula ao 5 mês.

    Minha Genecologista diz k não posso parar a mesma e terei k tentar por outros meios, inseminar.

    Depois irei tentar com meu companheiro por esse método, apesar k sei k e sempre um risco.

    E também tenho noção k poderei nunca realizar meu sonho de Engravidar, ser MÃE. Enfim Minhas Amigas Cura Não Há Para O Nosso Problema.

    • Shirlei says:

      Nem sei o que te falar, Carla :/

      Mas força e quanto à ser mãe, você pode ser. Adote, pois mãe de verdade não é aquela que gera e sim aquela que cria,

      Beijos :)

  8. Mônica says:

    Olá, resolvi engravidar em janeiro de 2013 quando completaria 39 anos, fiz todos os exames habituais e estava tudo ok, apos 6 meses de tentativa troquei de medico e esta me pediu uma HISTEROSSALPINGOGRAFIA, onde ficou diagnosticada a ADENOMIOSE, minha medica foi maravilhosa, tirou todas as minhas duvidas e disse que eu poderia engravidar apesar de ser mais difícil, no mês seguinte "ENGRAVIDEI",
    O mais importante é não ficar ansiosa, tentar relaxar…
    Estou de 5 semanas e super bem!!!

  9. Valentina says:

    Tenho 43 anos e desobri ontem que posso estar com ADEMINOSE ou ENDOMETRIOSO, tomeu JULIET por 2 meses e neste periodo mentruei 7 vezes, fui internada e o plantomista só fez um ultrassom vaginal que consta estar tudo bem comigo, porém fui ao meu médico e ele já quer me operar na 2a feira por laparoscopia sem ao menos ter a certeza do diagnóstico… Isto é normal e o correto a se fazer??? Por favor estou angustiada, nao tenho filhos e nunca tive qualquel problema ginicológico…..

    • Shirlei says:

      Valentina,

      Não sei se você operou ou não, mas na minha opinião não é correto ele fazer o diagnóstico e já querer te levar pra cirurgia.
      Passa aqui e dê notícias

  10. Brenda says:

    Oi, tenho 17 anos e fui diagnosticada com adenomiose leve a mais ou menos 1 mes. Minha medica me receitou Allurene continuo por 1 ano. Vou começar a tomar no final do mes, mas to completamente desesperada pois quero muito engravidar sabe, ver minha barriga crescer, sentir meu filho mexendo, será que com o tratamento vou conseguir? Estou tomando Diane35 por enquanto, e até agora tudo bem, sem dores e sem sangramentos.

    • Shirlei says:

      Oi Brenda,

      Não se desespere. Seu caso foi diagnosticado logo no início o que é ótimo. Faz o tratamento direitinho, tenho certeza que você vai conseguir engravidar ;)

  11. ana says:

    Tenho endometriose dentro e fora do utero,estou aguardando o meu plano liberar a cirurgia tomo pilulas continuamente pra não mestruar porém sinto dor 24hrs por dia.As dorez são amenizadas somente com chá de uxi amarelo e unha de gato ajuda muito na dor e inchaço do utero e sagramento.Tô muito triste pois tenho 27 anos não tenho filhos ,que Deus ajude a todas nós na cura dessa infermidade.

    • Shirlei says:

      Oi Ana,

      Vai dar tudo certo na sua cirurgia e quanto à ser mamãe, você pode ser. Adote, pois mãe é aquela que cria, e não a que gera ;)

      Beijos, fique com Deus

  12. rose says:

    oi meu nome e rose tenho vinte e quatro anos tenho uma filha de dez anos aum tenpo atras descobri que estava gravida de trigemeos mas tive conpricaçoes i acabei entrando em trabalho de parto mas eles nao sobreviveram i apos quatro meses que perdi hoje descobri que estou com ademiose ulterina mas nao tenho dor nem sangramento sera que vou concigui engravidar de novo algum dia

    • Shirlei says:

      Oi Rose,

      Sinto muito pela sua perda =(

      Seu médico deve ter descoberto a adenomiose bem no início, porisso você não tem os sangramentos imensos e nem as dores. Creio que se fizer o tratamento direitinho você consiga engravidar novamente, mas não deixe de visitar sempre o seu ginecologista, tá?

      Beijo e boa sorte,

      Shirlei

  13. valdinei says:

    tenho 2 filhos um de 12 e o outro de 5anos os meus partos foram cesareo mais á 1 ano descobri que tenho adenomiose air o mundo caiu pois era no momento que estava se preparando pra em gravidar nova mente agora n sei mais o que faser o meu medico que fazer a cirugia .mais tenho medo.queria tanto em gravidar de novo .o que faço .

    • Shirlei says:

      Oi Valdinei, tudo bem?

      Sei que a adenomiose é uma doença ingrata :(
      Procura um outro profissional, de repente fazendo um tratamento você possa engravidar novamente.

  14. Mayara Manduca says:

    Adorei o Artigo, me deixou super informada, minha mãe está com essa doença, havia procurado em outros site, mais assim como o citado a cima, não existem muitas informações sobre o assunto, me ajudou muito, obrigada, parabéns pela iniciativa !

  15. eliana santos says:

    olha tenho 33 anos, tenho um filho de 8 anos meu parto foi cesareo tem 2 meses que minha mestruaçao faltou so que ñ sinto nada uso anticoncepsional ja tem alguns anos fiz uma transvaginal que disse que eu estava com adenomiose estou desesperada me ajude com mais informaçao meus familiares acham que eu estou gravida pq ttudo em mim mudou a barriga principalmente sera que estou gravida e como adenomiose me ajude por favor bjos

    • Shirlei says:

      Eliana, bom dia

      A primeira coisa que você tem que fazer é procurar o seu ginecologista, por dois motivos: Primeiro pra descartar uma gestação e segundo para saber em que estágio está sua adenomiose e o porque deste atraso.

      Bjim

  16. txinath says:

    Gente preciso de ajuda. Fiz hoje 2 anos com adenomiose, ando angustiada triste me sentindo inútil perante o meu marido, porque durante dois anos que ñ consigo satisfazer cumprir com o papel de mulher na total se que me entendem.
    Sofro com tudo isso a 2 que sofro com cólicas menstruais fortes e hemorragia que ñ passa todos os dias.

    efeitos colaterais de remédios que tenho tomado durante esse tempo, sem nenhuma solução.
    A vontade não me falta de tirar o útero mais também esta em jogo o meu sonho em ser mãe tudo isso acaba comigo.

    • Shirlei says:

      Amiga,

      Entendo TOTAL o que você tá passando … amanhã é meu dia de consulta com o médico porque mesmo com o remédio de uso contínuo para não menstruar tô tendo dores (nada forte e incapacitante), mas ninguém merece.
      Penso comigo que nossos maridos são anjos, pois viver em uma situação assim é difícil pra eles também, né?

      Olha, você já pensou em adoção ou barriga de aluguel? Não é por causa da adenomiose que você vai deixar de ser mãe. Mãe é aquela que educa, que dá carinho, que está do lado da criança a todo momento … pensa no tanto de mulher que gera e não tem noção da dádiva que é isso?

      Pensa bem, pondera os prós e os contras. Sei que você vai tomar a melhor decisão. Fique com Deus,

      Beijão,

      Shirlei

  17. Cristina says:

    Há dois anos descobri que tinha um foco de endometriose na bexiga, fiz cirúrgia, mas o foco voltou no mesmo lugar. Agora há uma semana atrás fiz uma eco pra acompanhar, ver se o foco estava do mesmo tamanho e para minha surpresa meu útero está aumentado. O médico me deu o diagnóstico de adenomiose. Estou preocupada, pois faço tratamento continuo com o Gestinol 28 e este já não está mais fazendo efeito. Tenho sangramento intenso e dores ffortíssimas. Amanhã tenho uma outra consulta, vamos ver o que o médico vai fazer. Estou muito nervosa e depressiva, pois tenho 33 anos, não tenho filhos e não pretendo engravidar agora. Um médico me disse que deveria tentar engravidar agora, quanto mais tarde pior, nem um relacionamento estável eu tenho… Estou me sentindo sem saída, alguém sabe de alguma mulher que tivesse adenomiose e que conseguiu engravidar?

    • Shirlei says:

      Cristina,

      Não fique chateada (sei na pele que é péssimo, mas … ). Se Deus quiser não a de ser nada de mais grave.
      Volta aqui pra contar depois.
      Beijão,

  18. Cristiane says:

    Ola,

    Bem, apos uma cirurgia intensa em 2010 p retirada de focos d endometriose de grau 5…em 2ngra012 decidimos tentar engravidar ate q apos 6meses de tentativas natural nda aconteceu e entao decidimos optar pela fertilizacao e apos 2 tentativas frustrante veio o diagnostico de adenomiose e por isso o embriao nao gruda no endometrio.

    Minha medica disse q temos 2 caminhos a ser seguido…1o. Continuar o tratamento, tentar mais vezes; 2o. Barriga de aluguel c parentes de 1o. Grau…

    Como quero demais ser mae, to um pouco triste, mais sempre c fe d q vai dar td certo..

    • Shirlei says:

      Cris,

      Você vai ser mãe, optando pela adoção ou pela barriga de aluguel.
      Você vai criar, educar, cuidar, dar carinho, ouvir seu filho te chamar de mãe .
      Você pode não conseguir gerar, mas vai ter seu filho sim … você vai ter a felicidade de ser mãe <3

      Um beijo,

      Shi

  19. Paula Grozinski says:

    Ola , vim contar um pouco da minha vida … tenho 3 filhos e há 6 meses descobri que tenho endometriose profunda eadenomiose , sangro o mês todo , em janeiro coloquei o Diu Mirena mas semana passada meu útero rejeito e tive 4 dias de abortamento ate meu médico retirar o Diu …bom dai as dores terríveis amenizaram ….um pouco pq sinto muita dor na barriga nas costas e nas pernas . Fui ao médico na terça dia 9/04 e ele disse que não tenho mais o que fazer a não ser retirar o útero mas que tinha que estar ciente de que talvez teria que retirar os ovários e se o endometriose estivesse atingido a parede do intestino teria que cortar um pedaço (sinto muita dor nas costas e no ultrasson apareceu essa suspeita) . Bom voltei pra casa arrasada pois seria uma cirurgia de risco mas na madrugada seguinte tive muita dor e comecei com hemorragia fiz uma curetagem e biopsia , vai ficar pronto semana que vem e dai vou fazer a cirurgia … Mas tudo isso pq sou portadora de Hepatite C e tenho que fazer meu tratamento mas não posso ter focos de endometriose no meu corpo pq a combinação do remédio com a endometriose pode causar hemorragia ate a morte …. isso é complicado , tenho que curar uma doença pra pofer curar a outra …sofro com muitas dores mas sei que vou ficar boa …boa sorte pra todas bjs !! Tenho 36 anos .

  20. Flávia Oliveira says:

    Oi Shirlei, eu tenho 24 e tive minha filha com 21. Desde que menstruei pela primeira vez, nunk foi regular, e sentia cólicas horríveis. Aos 20 anos fui a ginecologista resolver o problema, e ela me informou que eu tinha ováios policísticos e que nunk poderia engravidar se não fizesse um tratamento. Ela me receitou um anticoncepcional para regular a menstruação, tomei por 1 mês e 1 semana, parei de tomar pq estava me fazendo passar mtu mal. Estava grávida e nem sabia, só fui descobrir faltando 1 semana pra 5 meses. Depois que ganhei minha filha, que começou meu martírio… A menstruação pós parto durou 3 meses, depois desses tomei anticoncepcional pra ver se parava, mais ficava no máximo 2 1/2 semanas sem. Depois de mtu tempo sofrendo com menstruações muito longas, sempre de 2 meses, e com dores extremamente fortes, como se eu estivesse entrando em trabalho de parto todo dia. fiz exames, e constatou que meus ovários estavam maiores que o normal msm eu não estando grávida. Meu médico falou que essa era a causa da dor e que eu tinha 2 opções, tirar o útero ou colocar um D.I.U. (Mirena no meu caso). Ele tbm falou que por ser mtu nova a opção de tirar o útero seria mtu radical. Coloquei o D.I.U. e só agora depois de 1 ano que me vejo livre das dores, as veze ainda sinto, mais não é como antes. Mais pra ser sincera nunk confiei no diagnostico que me passaram, só aceitei pq não aguentava mais sentir dor.
    Depois que li esse post sobre Adenomiose sinto que posso ter essa doença, e não as que eles me falaram. O pior de tudo é que fica na minha cabeça que posso ter até coisa pior, ai que fico me sentindo mais pra baixo.

    • Shirlei says:

      Flávia, bom dia

      A adenomiose não é uma doença incapacitante em vários aspectos, mas em outros ela é ( se é que me entende :/ ). No meu caso continuo usando anticoncepcional de uso contínuo que não adianta nada em relação ao sangramento porque ele vem quando acha que tem que vir.
      As dores diminuíram muito, mas também não desapareceram. Do nada ela aparece fininha e aguda (mesmo sem menstruar).
      Eu consultei dois médicos e ambos me deram o mesmo diagnóstico, aconselho que você faça o mesmo.
      Não se sinta pra baixo e nem fique pensando que tem coisa pior … Procure outras opiniões até encontrar uma que você confie.
      Adenomiose não tem cura, mas existe tratamento e com ela podemos ter uma vida "quase" normal.

      Um beijo e se cuida,

      Shirlei

  21. glorinha says:

    a 7 anos faço tratamento.minha médica achava que era só miomas.a um ano outro médico disse que eram pólipos.e hoje outro médico me disse que é adenomiose.fiz de tudo para evitar uma cirurgia mas agora só espero em deus para que tudo corra bem.tenho muito medo.mas e resta confiar em deus ,nos médicos e na sorte.vou me fortalecer.quero ficar bem e com minha família.amém.assim seja. glorinha

    • Shirlei says:

      Glorinha,

      Só quem tem esse problema sabe de verdade o quanto sofremos e que no fundo, não levamos nossa vida normalmente.
      Se o meu caso fosse indicado para cirurgia (tenho consulta dia 12) eu já teria feito, de verdade. Se tiver que fazer, faça … você vai ficar melhor, sem dores e curada.
      Fique com Deus que dará tudo certo,
      Shirlei

  22. Dani says:

    Oi Shirlei, como vai?
    Tenho 27 anos e descobri com 25 que tenho essa maldita adenomeniose, passei por vários anti-consepcionais de nada adiantou, hoje estou tomando o Elani 28 que por 6 meses houve efeito, mas to vendo que nada esta adiantando voltei novamente com dores fortes, dores pra ter relação sofro mto com isso e até menstruar nesses ultimos dias. Não esta facil e não aguento mais também ja troquei de medico e nada me adianta. Isso me deixa nervosa e mto pra baixo.

    • Shirlei says:

      Oi Dani,

      Sei bem o que vc está passando. Seu médico não te deu nenhuma opção à mais? Se bem que cirurgia só em último caso mesmo, mas viver assim também não é vida, né?
      Tô precisando voltar no médico tb, pq as coisas pro meu lado tb não andam boas …

  23. CRISTIANE says:

    Tenho 03 filhos, na ultima gestação com 35 anos, logo em seguida da cesaria acompanhada de uma laqueadura, começaram as colicas, as quais depois de 10 meses ainda persistem, o diagnostico é recente, e o tratamento com hormonios não resolveu. No meu caso, não tenho sangramento, tenho todos os sintomas de um sangramento, mas ele não se concretiza. É como se não saisse, se acumulasse na minha musculatura. O diagnostico é a cirurgia. Busco a opnião de um outro medico antes de faze-la. Tem algum para me sugerir?
    bjo, Cristiane

    • Shirlei says:

      Oi Cristiane, tudo bem?

      Pelo pouco que sei (que meu médico me explicou e que eu fucei na internet), o diagnóstico está correto. Infelizmente, se o tratamento com hormônios não surte efeito a cirurgia é a única solução, mas como eu disse para outras mulheres com dúvidas aqui no post, quem sou eu para dar opinião … procure outro médico, e você está fazendo o correto.
      Moro no interior de São Paulo, em São Carlos, mas conheço alguns médicos em Suzano/SP.
      Se algumas dessas cidades te ajudar, me escreva que terei prazer em te ajudar. Meu e-mail é contato@espacoplussize.com
      Shirlei

  24. Aline says:

    Tenho 2 filhos, mas em maio do ano passado tive uma gravidez tubaria e descobri a adenomiose, amanhã vou fazer a RM para maiores detalhes, pois fiz a ultra com doppler e minha médica quer a RM, estou um pouco aflita, será que terei que usar contraste? alguém aí já fez? obrigada por esse espaço!!!

    • Patricia says:

      Aline, eu fiz a RM, tem contraste sim, mas o mais incomodo é o gel vaginal e retal, mas vale a pena, tb tenho adenomiose mas ainda não tenho filhos.

  25. Bella says:

    Boa tarde! A todos,

    Acabei de descobrir que tenho adenomiose uterina, mas não tenho os sintomas descritos aqui, meu ciclo sempre foi regular um reloginho, de uns meses pra cá, mudou reduzindo para 20 dias e depois começou a normalizar novamente. Minha médica também receitou o Gestinol 28, esse realmente é o melhor tratamento? Ainda não tenho filhos, mas gostaria de ter, aliás estava programado para este ano….

    • Shirlei says:

      Oi Bella, tudo bem?

      Segundo o meu ginecologista, o uso do Gestinol 28 é somente para a interrupção da menstruação e consequentemente adeus as dores. No meu caso em particular, o Gestinol 28 não tem feito efeito, mesmo com o uso contínuo e tomando religiosamente no mesmo horário eu ainda tenho menstruado todos os meses (e tendo dores). Vou ter que voltar lá.
      Confio bastante na conduta do meu médico e se você tem alguma dúvida procure outras opiniões, isso é saudável e faz bem.
      Encontre o melhor médico, tire todas as suas dúvidas :)

  26. Cris says:

    Pessoal desde de 2010 através de um RM detectei a presença de adenomiose. Tomo o Gestinol 28 e me sinto super bem. tenho 35 anos e quero engravidar. esse mes parei com o gestinol e senti muitas cólicas. sera que o allurene pode ser utilizado no meu caso? legal poder dividir isso com voces.

    • Shirlei says:

      Oi Cris, tudo bem?

      Acho que antes da interrupção do Gestinol 28 e da introdução do Allurene, seria interessante você fazer uma visita ao seu ginecologista e falar sobre essa vontade de engravidar. Com toda certeza ele poderá te ajudar mais do que qualquer uma de nós, né?

      Beijokas e boa sorte,

      Shirlei

  27. Betania says:

    Shirlei, olá.

    Acabei de receber a notícia de que há indício, pela RM de pelve, que tenho adenomiose. Sobre o uso de hormônio de uso contínuo melhorar estas dores, o que eu acho mais estranho – no meu caso – é que eu uso GESTINOL 28 (anticoncepcional de uso contínuo) há 9 anos… ou seja, se não menstruo há praticamente 9 anos (com eventuais spotting – sangramentos pequenos, de dias – principalmente quando esqueço alguma pílula), como eu posso ter AGORA o diagnóstico de adenomiose??? Estranho…. coisas da vida!
    Vou marcar consulta com minha gineco pra mostrar a ela o exame… e torcer pelo melhor!
    Beijos e força aí do seu lado!

    • Shirlei says:

      Oi Betania,

      Segundo o meu médico o Gestinol 28 (ou qualquer outro contraceptivo de uso contínuo) causa uma melhora nas dores justamente por interromper a menstruação. Tenho percebido nos últimos meses que o uso do Gestinol não está sendo eficaz já que estou menstruando todos os meses (não são só escapes), tomando o remédio todos os dias e religiosamente no mesmo horário. Além disso as cólicas estão aparecendo mesmo fora do período menstrual.
      Acho que a adenomiose não tem relação com a menstruação ou a suspensão dela, infelizmente.
      Vá na sua médica e tire todas as suas dúvidas. Apareça por aqui para contar depois o que ela te disse.
      Também vou procurar o meu médico pra ver a conduta dele agora … infelizmente é assim mesmo :(
      Força pra você aí também e melhoras,
      Shirlei

  28. Sabrina Ramalho says:

    Estou com essa doença, e no meu caso terei que retirar o ultero, já tenho uma filha, e sinceramente nao vi outro efeito maior em eficácia de hormonios ou drogas mais fortes q curassem a doença, a única forma de cura realmente será a retirada do ultero… Quem sente esses sintomas procure um medico o quanto antes, eu demorei meses por medo, e hoje tive o diagostico concreto dessa doença atraves de exames mais precisos… Pesquisei na Internet e todas as fontes deixaram bem claras que a unica forma de cura seria histerectomia… Agora estou bem e sei que irei ficar boa. Bjs

    • Shirlei says:

      Sabrina,
      Realmente, só sabe quem sofre. Meu médico também não descartou a histerectomia. Também tenho um filho e não penso em ter outro.
      Eu estou na segunda cartela do Gestinol 28 e nesses últimos dias tenho sentido algumas dores no ovário esquerdo e isso está me preocupando bastante já que estava com um cisto enorme com focos de endometriose nele :/
      De qualquer maneira vou fazer outra visita daqui a dois meses nele para repetir a ultrassonografia … espero que não seja nada. Mas se realmente a histerectomia também for a cura no meu caso, vou fazer.
      Volta aqui depois e deixa o seu relato, tá?
      Melhoras amiga, um beijo,
      Shirlei

  29. Joyce says:

    Nossa, nunca tinha ouvido falar dessa doença! Aiaiai, que chato hein? Poxa, espero que seu tratamento dê o melhor resultado possível! Bjs!

Deixe uma resposta

Connect with Facebook